Dúvidas? Críticas? Sugestões? Envio de material? lilikaforever@gmail.com

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Moradores denunciam descaso da Prefeitura em São Gonçalo

A Diretora Keila Machado e a equipe do Portal Sinttel-Rio estiveram na casa de Nicole de Brito Rodrigues para mostrar a triste situação das pessoas que moram em São Gonçalo e foram atingidas pela chuva da semana passada. A funcionária da Contax mora na Rua Jaime Muniz no bairro Colubandê e contou como foi a experiência de ver sua casa com água quase no teto, móveis destruídos e o descaso da Prefeitura.

Na madrugada de quarta-feira, dia 7, Nicole teve sua casa inundada e para se proteger da chuva ficou com a família cerca de 16 horas no terraço. E hoje, quase uma semana depois da tragédia, ainda se pode ver a mancha que água da chuva deixou em aproximadamente 2 metros de altura.

Leia a entrevista com Luciana Ventura, outra funcionária da Contax que teve a casa interditada em São Gonçalo, por causa da tragédia.

A situação dos seus vizinhos é ainda pior. As ruas do bairro estão repletas de lixo, mau cheiro e muita lama. Além disso, falta água potável, materiais de limpeza, de higiene pessoal, comida, colchonete etc. Os moradores tentam se restabelecer através das doações e da solidariedade dos outros. Uma igreja próxima tem fornecido quentinha e uma lavanderia da região se ofereceu para lavar de graça as roupas dos moradores

Denúncias à Prefeitura de São Gonçalo

De acordo com os moradores, a Prefeitura fez cadastramento das famílias mais necessitadas para dar assistência, prometendo doar cestas básicas e colchonetes. O preenchimento das fichas foi feito no anexo da Prefeitura na Rua Uriscina Vargas em Alcântara, porém, até agora os cadastrados não receberam nenhuma ajuda da administradora do município.

Além disso, não tem vacina antitetânica no posto de saúde, no Hospital Geral e nem na UPA - Unidade de Pronto Atendimento - lançada recentemente pelo Governo do Estado. Segundo Nicole, as ruas do bairro constam como asfaltadas na Prefeitura, mas as ruas Jaime Muniz e Moreira do Castelo e diversas outras nos arredores não são asfaltadas e estão completamente sujas de lama. Veja aqui as fotos do local

Uma ponte que ligava duas ruas do bairro, construída em cima de um rio, desabou por causa do temporal . Ainda de acordo com os moradores, a prefeita de São Gonçalo, Aparecida Panisset, esteve no bairro visitando apenas o condomínio Vila do Colubandê e não retornou ao local. Veja as fotos

O Secretário de Comunicação de São Gonçalo, Odimar Azevedo, informou que hoje uma comissão de moradores do Colubandê e do Capote esteve na prefeitura fazendo uma manifestação e foi atendida pelo Secretário Eugenio Abreu que os informou quais medidas serão tomadas no local.

Odimar disse ainda que diariamente a prefeita se reúne com os secretários para verificar que ações serão tomadas e que a pessoa mais indicada para esclarecer sobre a situação do bairro era o Secretário de Desenvolvimento Social , Pedro Veiga.

O Portal Sinttel-Rio entrou em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e não conseguiu falar com ele. E até o fechamento desta matéria, Pedro Veiga não retornou o contato.

1 Comentário:

Victor S. Gomez disse...

Essa parte do Rio de Janeiro sempre foi muito mal administrada. Abraços

Postar um comentário

Regras para comentar!
- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Não faça propaganda de outros blogs ou sites;
- O espaço dos comentários NÃO é lugar para pedir parceria;
- Ofensas pessoais, ameaças e xingamentos não são permitidos.
Siga as regras e deixe um comentário, dividindo conhecimento!

OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões da autora do blog.

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Dissemine idéias, construa o futuro!

Saiba onde tem o melhor preço antes de comprar
Dineromail, para enviar y recibir dinero via e-mail
Compare Produtos, Lojas e Preços

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO